Buscar
Sul Fluminense,  |
notícia publicada em hs.

Salas de aquecimento do Estádio Raulino de Oliveira são utilizadas para tratamentos de fisioterapia

Atividades estão sendo realizadas graças a uma parceria entre as secretarias municipais

Destaque Popular, em Volta Redonda
Imprimir  
Salas de aquecimento do Estádio Raulino de Oliveira são utilizadas para tratamentos de fisioterapia

Mais de 160 pacientes do Centro Municipal de Reabilitação Física Tuffi Rafful (Cemurf) estão utilizando, mensalmente, as salas de aquecimento do Estádio Raulino de Oliveira para tratamento pós-operatório, de lesão de membro inferior e grupos de colunas. As atividades, que começaram em março, estão sendo realizadas graças a uma parceria entre as secretarias municipais de Esporte e Lazer (Smel) e de Saúde (SMS).


De acordo com o coordenador do Cemurf, Vladimir Lopes de Souza, os tratamentos acontecem em três fases: Inicialmente, é realizado no setor de pós-operatório, depois migra para o atendimento de membro inferior e a fase final (proprioceptivo) está sendo realizada nas salas de aquecimento do Estádio. 


“Esse tipo de tratamento busca a reeducação do equilíbrio, da marcha e da coordenação motora, através de exercícios específicos que utilizam circuitos que simulam os diferentes solos e locais onde o individuo transita no dia a dia. Esse tratamento é essencial para complementar o ciclo da fisioterapia”, afirmou o coordenador.


Além disso, a propriocepção indica se as várias partes do corpo estão coordenadas para o movimento que se está tentando fazer, seja ele caminhar ou saltar, por exemplo, evitando que se perca o equilíbrio. Assim, a realização de exercícios de propriocepção em consultas de fisioterapia é importante para melhorar o equilíbrio e os movimentos precisos do corpo, ensinando o mesmo como se movimentar para proteger a área afetada.


Dois fisioterapeutas são responsáveis pelo atendimento à população. Para Tobias Lima Barbosa, um dos fisioterapeutas responsáveis pelo serviço, o tratamento é mais voltado para o dia a dia do paciente e tem como objetivo fazer com que eles voltem, o mais rápido possível, para as suas atividades normais. “Com esse tratamento o paciente tem um ganho mais rápido, uma vez que as atividades são voltadas para seus afazeres diários, como subir escadas, andar na rua, correr, entre outros”, disse o fisioterapeuta.


Para a fisioterapeuta Rejane Fernandes, responsável pelo atendimento dos grupos de coluna, os exercícios realizados durante o tratamento são simples. A idéia é que o paciente possa fazê-los em casa. “Tudo é feito numa linguagem bem popular, para que eles entendam o objetivo do exercício e a forma correta de executá-lo. O vínculo que eles criam aqui também é muito importante. Esse convívio melhora muito a vida deles”, explica a fisioterapeuta.


A paciente Thais Guedes Vargas, de 24 anos, moradora do bairro Voldac comemora as conquistas já alcançadas com o atendimento. “Tive uma fratura no tornozelo direito e não conseguia fazer certos novimentos. Hoje já estou correndo. Senti muita diferença entre os exercícios que faço aqui e os de fisioterapia”, comentou. 


Segundo o administrador do estádio, Felipe Moura de Araújo, sempre que possível essas parcerias serão realizadas. “Estamos potencializando as atividades de Saúde e Educação, pois há espaços ociosos durante a semana e nos dias que não tem jogos. Nosso objetivo é de atender um número maior de pessoas no estádio”, disse Felipe.


Para a secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, parcerias entre as secretarias devem acontecer mais constantemente. “Nesse caso, específico da fisioterapia, o esporte está extremamente ligado à questão da reabilitação física e nosso interesse é realizar constantemente ações multissetoriais.Juntos, podemos unir forças em prol da população”, reforçou Maria Paula.


“É muito importante a integração entre as secretarias municipais para qualificar e melhorar o atendimento à população. Nesse caso, agradecemos à Smel pelo espaço da sala de aquecimento no Estádio, que é apenas uma de nossas parcerias. Ali poderemos ampliar os serviços de fisioterapia, principalmente o tratamento voltado para a coluna”, concluiu a secretária municipal de Saúde, Márcia Cury.   


Compartilhar:


Outras Fotos (Clique para ampliar)


Comentários:
Nenhum comentário adicionado.

Inserir comentário:

Nome:

E-mail:

Mensagem:


Publicidade
Home | Políticas de Privacidade | Contato | Anúncie Conosco
Saúde | Esportes | Destaques | Cultura | Nacional | Músicas | Internacional | Polícia | Trânsito | Região | Todas Notícias
© 2011-2014 - Destaque Popular. Todos os direitos reservados à Destaque Popular.
Desenvolvido por: