Educação infantil de Volta Redonda realiza exposição pedagógica
22 de setembro de 2018
Biblioteca Municipal comemora 63 anos em Volta Redonda
22 de setembro de 2018

89% das escolas municipais de Volta Redonda tem acessibilidade 

Obras estão acontecendo gradativamente nas unidades escolares do município 

Mais uma vez a cidade de Volta Redonda sai na frente. Quase 90% das escolas municipais têm acessibilidade. Um número muito superior à média nacional em que apenas 26% das escolas públicas são acessíveis em todo o país. Atualmente das 91 unidades escolares da cidade, 65 já estão adaptadas para receber pessoas com deficiência. Outras 16 escolas também receberão obras de acessibilidade nos próximos meses, somando 81 escolas.

De acordo com a secretária de Educação, Rita Andrade, a adaptação das escolas é um processo longo. “As escolas não foram construídas pensando nessa inclusão. As novas obras já são feitas pensando nesse contexto e processo de acessibilidade. Para adaptar esses prédios antigos demanda um pouco mais de tempo. Nosso objetivo é realizar essa acessibilidade o quanto antes em todas as unidades escolares para que aconteça de fato uma inclusão total”, declarou.

A acessibilidade é prevista em lei e garante a pessoa com deficiência uma melhor mobilidade. Uma das modalidades que mais sofrem modificações é a espacial, que compreende as mudanças de espaço para adequação e melhor locomoção, por isso a necessidade de obras das unidades para atender de forma inclusiva. Isso inclui rampas, vagas de estacionamento, elevadores e outras adequações.

É nesse contexto que a aluna da Escola Municipal Professora Antonietta Motta Bastos, Yasmin, de 11 anos se encaixa. De acordo com sua mãe, Juliana Ramos, a acessibilidade na escola é um grande diferencial para o desenvolvimento de sua filha que é cadeirante.  “O local tem elevador e rampas de acesso. Minha filha pode se movimentar sem problemas na escola. Isso é muito importante tanto para ela quanto para os pais que precisam de mobilidade dentro desse espaço. Nossas necessidades sempre foram atendidas na escola. Na unidade onde minha filha estuda, por exemplo, os alunos e pais estão criando uma conscientização sobre a necessidade desse locais adaptados”, contou.

O prefeito Samuca Silva, enfatizou a importância de adaptar as escolas da rede municipal para a inclusão.  “Volta Redonda está se modificando para o futuro. A inclusão é um direito das pessoas com deficiência e estamos realizando ações para que todos possam estar inseridos na sociedade. Através de políticas publicas vamos avançando para uma sociedade mais igualitária e para todos. O ambiente escolar é o primeiro passo”, disse.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *