Estudantes da Rede Municipal de VR participam de competição e mostra de robótica
6 de novembro de 2018
VR fica às escuras por causa de roubo dos fios em rua do Aterrado
6 de novembro de 2018

PRF promove Comando de Saúde na CSN

Além do Comando de Saúde, a PRF também tratou questões de Educação para o Trânsito e Segurança Viária através do slogan “transportando saúde nas rodovias”

O Comando de Saúde promovido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) teve início na manhã desta terça-feira (6) e contou com a parceria do SEST/SENAT, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e da Secretaria de Saúde de Volta Redonda. As ações aconteceram nas instalações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), na BR-393 (Rodovia Lúcio Meira) em Volta Redonda, Sul do estado do Rio. A expectativa é atender mais de 200 motoristas profissionais.

As atividades buscam detectar alterações de saúde entre motoristas profissionais que, submetidos a longas jornadas de trabalho, não cuidam da própria saúde. As consequências de um acidente envolvendo veículos de grande porte são imprevisíveis, sobretudo, quando se trata de produtos que representam risco ao meio ambiente.

Durante o evento, são realizados diversos tipos de avaliações e exames, como a pesquisa de doenças preexistentes, aferição de pressão arterial, níveis de glicose, acuidade visual e auditiva, campo visual, força manual, vacinação, grau de sonolência, dentre outros. Detectar fatores de risco à saúde dos trabalhadores em transporte, educar e orientar os participantes com informações sobre saúde e trânsito, obter indicadores estatísticos sobre o perfil de saúde dos motoristas profissionais e reduzir os acidentes nas rodovias são os principais objetivos do programa.

A Polícia Rodoviária Federal tem no seu planejamento estratégico, como resultado institucional a ser alcançado, a redução da violência no trânsito nas rodovias federais. Sabe-se que o Comando de Saúde, além de tudo, é uma medida educativa e preventiva que serve para sensibilizar os motoristas sobre necessidade de cuidar da própria saúde, evitando assim a ocorrência de mais acidentes nas rodovias federais brasileiras.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *