Centro de Saúde Auditiva de Barra Mansa atende 520 pacientes por mês
8 de novembro de 2018
Homem é preso com veículo com motor roubado na Rodovia Presidente Dutra, em Barra Mansa
8 de novembro de 2018

Polícia prende ex-sogro de Karina assassinada na Barra da Tijuca, no Rio

A Polícia Civil, do Rio de Janeiro, prendeu na manhã desta quinta-feira, Pedro Paulo Barros Pereira, suspeito de ter participação na morte da corretora de Volta Redonda Karina Garofalo, assassinada no dia 15 de agosto, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Pedro foi preso na sua fazenda no distrito de Dorândia, em Barra do Piraí.

Pedro foi levado para a Delegacia de Homicídio da Barra da Tijuca, responsável pelo caso. O filho, Pedro Paulo Júnior, foi preso na sexta-feira, (dia 2) em Bananal (SP) e é o principal suspeito de ter encomendado a morte a sua ex-mulher. A polícia ainda não tem a conclusão da investigação, mas trabalha com a hipótese de vingança e ciúmes. Os dois disputavam na Justiça a divisão de bens e questões relacionadas à guarda do filho do casal.

O suspeito de ser o autor dos disparos, Paulo Maurício Barros Pereira (primo de Pedro Paulo Júnior) se entregou seis dias após o assassinato. Outro suspeito, o guarda municipal de Porto Real, Hamir Feitosa Todorovic, que teria dado cobertura ao executor, foi preso em Pinheiral no final do mês de agosto.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *