Acidente de moto deixa quatro pessoas feridas
3 de dezembro de 2018
PRF prende caminhoneiro com CNH falsa na Dutra
3 de dezembro de 2018

Piraí ganha Polo Gastronômico

Iniciativa é uma parceria do Sebrae Rio, Prefeitura e empresários

O Casarão Cultural de Arrozal recebeu empresários e representantes de instituições e Poder Público de Piraí para o lançamento do Polo Gastronômico Piraí, uma iniciativa da Coordenação Regional do Sebrae Rio no Médio Paraíba, através do Programa Sebrae na Mesa, em parceria com a Prefeitura Municipal. O Polo reúne 18 empreendimentos da cidade, entre restaurantes, bares, lanchonetes, cervejarias, pousadas, hotéis e fornecedores do setor de alimentação fora do lar.

Com casa cheia, o prefeito Luiz Antonio disse que esta é uma ação de desenvolvimento sustentável, com um potencial de gerar emprego e renda em uma cadeia produtiva muito interessante para o desenvolvimento da cidade. “Parabenizo os 18 empresários que dão o pontapé inicial e ao Sebrae por potencializar a vocação que a cidade já possui neste setor, que também está relacionado à área do prazer, da socialização. Isso é algo muito precioso nos tempos de hoje”, afirmou.

“É um privilégio trabalhar com uma prefeitura que se preocupa com o crescimento cultural e econômico da cidade. Piraí já é reconhecida por sua gastronomia e a história da cidade é muito rica e esse potencial precisa ser aproveitado. Só temos a agradecer pela confiança depositada no Sebrae”, disse a coordenadora do Sebrae no Médio Paraíba, Ana Lúcia Lima.

O principal objetivo do Polo é criar e fortalecer uma identidade gastronômica, com valorização da cultura e do produto local de maneira sustentável e criativa. Os empresários hoje envolvidos trabalharam para a consolidação desta forma de trabalho mútua em prol do desenvolvimento do setor e, consequentemente do município. E a tendência é que o projeto cresça cada vez mais, através de ações protagonizadas pelo Polo Gastronômico e também da ampliação da participação de mais interessados.

Os empresários comemoram a iniciativa. “O evento foi um sucesso e tenho certeza que vamos atrair outros empresários para integrar o Polo. Minha expectativa é muito positiva para o trabalho que temos pela frente porque acredito muito no associativismo. Temos uma variedade de empreendimentos e acho que essa diversidade faz a força desse movimento, além da paixão de todos pela gastronomia”, disse Letícia Campos, empresária do Hotel Casa do Manequinho.

Tatiana Allers, empresária da Casa do Bubi, contou que foi um início difícil até engajar os empresários. “Mas acho que esse grupo está bem unido e é muito gratificante ver o trabalho se consolidando. É uma ação que vai trazer benefícios para a cidade e para nós empresários. Temos muita coisa boa para mostrar para o público”, garantiu.

“Nossa expectativa foi alcançada. Mobilizamos os empresários e vamos continuar avançado muito mais. O evento de hoje mostrou que somos capazes de trabalhar juntos e conquistar muito mais. Agradeço todo o apoio do Sebrae para que esse projeto se tornasse realidade”, comemorou a empresária Sheila Vale, do Baruteco e SS Vale Produção e Eventos.

“Esta é uma ação que teve início a partir da Prefeitura e do Sebrae, mas sem os empresários nada aconteceria. O processo de estudo e elaboração até chegarmos ao dia de hoje durou um ano, foram muitas palestras, workshops. E temos um enorme potencial para crescer, fortalecer o setor e criar visibilidade”, disse a presidente do Polo, Cristine Lopes.

O Sebrae Rio já apoiou a criação de quatro Polos Gastronômicos no Médio Paraíba, nas regiões de Resende, Penedo, Ipiabas (Barra do Piraí) e Vassouras, envolvendo pequenos negócios que incluem restaurantes, pousadas, hotéis, agências de turismo e demais fornecedores da cadeia. Em todo o estado, 30 Polos Gastronômicos tiveram o apoio do Sebrae Rio, sendo 22 somente no interior do Estado.

Com a implantação desses Polos, a instituição leva capacitação e a oportunidade para as empresas discutirem temas como sustentabilidade, segurança alimentar, mercado, participação em feiras e eventos, comunicação e marketing. “Também fez parte deste processo, a construção de uma modelagem de negócios e a definição de eixos estratégicos de atuação, etapas cruciais para o sucesso de implantação dos Polos. É também uma oportunidade para as empresas conseguirem uma maior visibilidade e representatividade até mesmo junto ao Poder Público”, acrescentou a analista do Sebrae Rio, Clarissa Müller Menezes, lembrando que o Polo de Pirai está aberto a novas adesões.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *