Justiça Federal determina que município de Barra Mansa realize o licenciamento ambiental do Hospital Materno Infantil
21 de dezembro de 2018
Horário dos parquímetros foi estendido nesse final de ano, em Volta Redonda
21 de dezembro de 2018

Hospital do Idoso completa um ano com serviços ampliados para maiores de 60 anos

Unidade em Volta Redonda dobrou o número de leitos desde a inauguração, oferece atendimento ambulatorial e realiza cirurgias em três especialidades

O Hospital do Idoso, inaugurado em 27 de dezembro do ano passado, ampliou de forma gradativa o atendimento aos moradores de Volta Redonda com mais de 60 anos. A unidade, que funciona na Rua Cento e Sessenta e Três, nº 44, na Vila Santa Cecília, quase dobrou o número de leitos, eram 18 e hoje são 32; presta serviço ambulatorial nas especialidades urologia, vascular e oftalmologia; e ainda conta com Centro Cirúrgico com três salas cirúrgicas; e sala de estabilização. O hospital oferece cirurgias vasculares, de urologia e cirurgias oftalmológicas.

O atendimento na unidade foi avaliado pelos pacientes por meio de pesquisa feita pelos funcionários do hospital. Durante três meses, entre junho e agosto, a equipe conversou com os internados e o resultado apontou 95% de aprovação. O acolhimento foi o serviço mais lembrado, seguido do tratamento em si e do conforto das acomodações.

De acordo com o diretor do Hospital do Idoso, Aparício Bezerra Júnior, o Hospital conta com uma equipe multidisciplinar para fazer o acolhimento diferenciado ao paciente e ao familiar acompanhante. “O assistente social e o psicólogo cuidam tanto do paciente quanto do familiar e o idoso conta ainda com fisioterapeuta, fonoaudiólogo e dentista, que garante a assepsia para evitar infecções via oral”.

O paciente Teodoro Bento da Silva, morador do bairro Ponte Alta, esteve internado entre julho e agosto no hospital. “Precisava esperar internado por uma cirurgia cardíaca e foi muito bom contar com o atendimento do Hospital do Idoso”, disse. A esposa dele, Rosilene Novaes, que acompanhou o marido durante a internação também opinou. “Além das acomodações, a equipe do hospital é muito atenciosa e eficiente”, falou.

José Raimundo Ferreira, de 80 anos, morador do bairro São Cristóvão, também precisou dos serviços do Hospital do Idoso. Ele ficou internado no mês de setembro pelo mesmo motivo de Teodoro. Passou por cirurgia cardíaca e precisava ser monitorado antes do procedimento. “Manter o ambiente agradável para os pacientes é uma missão da equipe do hospital. Fui muito bem assistido pelos profissionais. Fiz amigos durante minha estada lá”, afirmou Sr. José Raimundo que se recupera em casa.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, afirmou que o Hospital do Idoso contabilizou mais de 300 internações e quase o mesmo número de cirurgias. Foram 51 cirurgias vasculares, 148 de urologia e 99 oftalmológicas, abrangendo problemas como ceratocone e catarata, que começaram a ser realizadas em meados de outubro.

“O atendimento ambulatorial funciona com hora marcada e é voltado para pacientes com indicação cirúrgica. Eles fazem a última avaliação e a cirurgia é marcada”, explicou Alfredo, citando outro serviço oferecido na unidade exclusiva para maiores de 60 anos.

Os internados no Hospital do Idoso são pacientes referenciados pelo Hospital Municipal Munir Rafful, já que a unidade é uma extensão de atendimento à melhor idade do hospital. Precisa ficar claro para a população que Hospital do Idoso não é uma unidade de portas abertas. Não oferece serviço de emergência, de pronto socorro.

O funcionamento do hospital é garantido por uma equipe de 24 médicos, divididos em especialistas e cirurgiões, plantonistas e anestesistas; e outros 65 profissionais técnicos como enfermeiros, técnicos de enfermagem e administrativos, além de equipe multidisciplinar.

Para o prefeito Samuca Silva, a implantação e a evolução dos serviços oferecidos pelo Hospital do Idoso mostra o respeito da nova gestão municipal com a terceira idade. “Na unidade, eles têm assistência individualizada e mais conforto nas acomodações”, disse Samuca, ressaltando que todos os quartos, a maioria individuais, têm televisão, ar condicionado e cama para o acompanhante.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *