SMAC e SMDET cadastram flanelinhas em Volta Redonda
7 de janeiro de 2019
MPF/RJ: Justiça Federal determina implantação de ponto eletrônico nos hospitais federais do Rio
7 de janeiro de 2019

Prefeitura de Volta Redonda atua na limpeza de córregos do município

Ação começou em dezembro no córrego São Geraldo, no Aterrado e vai percorrer outros bairros

A prefeitura de Volta Redonda, através das secretarias municipais de Meio Ambiente e Infraestrutura avançam na limpeza dos córregos do município. A ação começou pelo córrego São Geraldo, no Aterrado e vai percorrer outros bairros, a fim de melhorar a fluidez das águas nesses locais.

Tendo em vista que nessa época do ano o nível de água nessa região aumenta consideravelmente, a prefeitura está atuando de forma preventiva e visando uma melhora no escoamento de água. O objetivo é levar melhor qualidade de vida para a população e evitar eventuais transtornos.

“Tiramos o lixo e o mato do local possibilitando que a água escoa com mais facilidade. Evitando poças e ajudando a evitar a proliferação de insetos e animais peçonhentos. Além de possibilitar mais fluidez nas águas desses córregos”, afirmou o secretário da SMMA, Maurício Ruiz.

As equipes realizaram serviços de roçada, capina, rastelamento e retirada de todos os resíduos, deixando a água do córrego corrente, evitando, assim, acumulo de poças d’agua, foco de proliferação do mosquito aedes aegypti, garantindo o bem estar da população. “Os trabalhos seguem em ritmo intenso e contínuo em todos os córregos. A próxima limpeza será no bairro Belmonte e a estimativa é que essas limpezas durem aproximadamente dois meses. Disponibilizamos uma escavadeira hidráulica e caminhões da SMI para auxiliar durante todo esse período”, completou o secretário da SMI, Toninho Oreste.

Segundo o secretário para que essa ação tenha sucesso é necessário a colaboração da população para manter o córrego limpo fazendo o correto descarte dos resíduos e entulhos gerados em suas residências e não despejando as margens, ou diretamente nos córregos.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, disse que essas limpezas são essenciais para evitar que o lixo se acumule juntamente com a vegetação e sirva como ambiente propício à proliferação de insetos às margens do córrego. “Temos que cuidar de todos os aspectos que possam ajudar o mosquito da dengue a se procriar. A atenção precisa ser redobrada, neste período chuvoso, mantendo a cidade limpa, bonita e sem mato alto que cresce rápido. Este é o nosso compromisso, porque cidade limpa é mais segura para todos”, finalizou o prefeito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *