Escola das Artes abre inscrições para cursos de música e teatro
7 de janeiro de 2019
Mais de 600 quilos de maconha foram apreendidos em Petrópolis
7 de janeiro de 2019

Projeto oferece aulas gratuitas de violão, violino e violoncelo em Quatis

Uma das ações de inclusão cultural implantadas pela Prefeitura de Quatis a partir de 2017, o “Projeto Música Para Todos” retorna as atividades nesta semana, após o recesso em razão das festas do fim de ano. As aulas vão recomeçar nesta terça-feira, 08, a partir das 8 horas, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Jardim Independência, onde os novos alunos interessados em participar do aprendizado de violão, violino e violoncelo poderão também fazer suas inscrições. O projeto atende os moradores de Quatis a partir dos cinco anos de idade.

Para se inscrever, os candidatos deverão apresentar apenas a carteira de identidade e um comprovante de residência, sendo que, no caso de novos alunos menores de idade, eles deverão estar acompanhados pelos respectivos responsáveis. Não há limite de idade para participar do aprendizado: há alunos, por exemplo, com mais de 60 anos. As aulas serão ministradas às segundas e terças-feiras, de 8 às 12 horas e de 13 às 17 horas, pelo maestro Isac Francis e a cantora Danny Barros. Cada aula demora uma hora, no máximo. O planejamento da prefeitura para o ano de 2019 é que cada turma participe do projeto pelo período de seis meses, visando garantir, dessa maneira, a formação de novas turmas.

Atualmente, o projeto “Música Para Todos”, cujos instrumentos musicais utilizados foram adquiridos pela própria prefeitura, conta com 37 alunos, muitos deles estudantes matriculados em escolas da rede municipal de ensino, entre as quais, as escolas Edméa Dulce de Barros Franco (Jardim Independência), Julieta Sampaio (Centro), CIEP Municipalizado Marciana Machado De Elias (Nossa Senhora do Rosário), Anésia Alves de Oliveira (São Joaquim), Henry Nestlé (São Benedito) e Victória dos Prazeres (Jardim Pollastri). A participação dos estudantes no projeto acontece no turno alternado ao horário de frequência à sala de aula.

O prefeito Bruno de Souza (MDB) reafirmou que a criação do projeto no primeiro ano do seu atual mandato à frente da administração municipal ocorreu com o objetivo de garantir uma das prioridades do governo municipal, ou seja, “a inclusão social dos moradores de Quatis, especialmente as crianças, os adolescentes e os jovens, através de iniciativas na área da formação musical”. Outra iniciativa concretizada pela prefeitura neste sentido foi a retomada da fanfarra municipal, cuja retomada dos ensaios e apresentações aconteceu no ano passado, através também de instrumentos e acessórios comprados pelo Município:

– A nossa administração tem como uma das suas propostas essenciais investir no bem-estar do cidadão, o que não se garante apenas com a realização de obras, mas também por meio de ações que promovam condições de vida saudáveis à nossa população.  Dentro desta proposta de governo, o “Música Para Todos” vem se consolidando cada vez mais como um dos resultados positivos alcançados nesta direção – declarou o prefeito.

Em 2018, os alunos do Projeto Música Para Todos realizaram apresentações especiais em eventos públicos. Um deles foi a inauguração da Praça dos Direitos Humanos Jonas Lima Nunes, no Jardim Pollastri, ocorrida em dezembro. Outras apresentações do projeto em 2018 aconteceram na Praça Teixeira Brandão e na Escola Municipal Edméa Dulce de Barros Franco (Jardim Independência), durante a programação para celebrar o Natal nestes dois locais, além da Câmara de Vereadores, na sessão solene do poder legislativo em comemoração ao aniversário de Quatis. Esta sessão solene da Câmara Municipal foi realizada no dia 22 de novembro passado.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *