Mutirão em VR agenda mais de 700 exames de imagem em dez dias
12 de fevereiro de 2019
Primeira creche 100% com tempo integral é inaugurada em Volta Redonda
12 de fevereiro de 2019

São João Batista realiza acolhimento para estudantes do UniFOA

Cerca de 100 alunos do curso de medicina, enfermagem e nutrição participaram da atividade

O Hospital São João Batista realizou nesta terça-feira, dia 12, uma ação de acolhimento para cerca de 100 alunos dos cursos de medicina, enfermagem e nutrição do UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda) no auditório da escola anexo ao prédio do hospital. O objetivo foi realizar uma integração entre o ensino e os serviços da unidade hospitalar. Os estudantes participaram de cinco palestras que abordaram a humanização e o controle de infecções hospitalares.

A coordenadora do núcleo das Atividades de Ensino e Pesquisa do São João Batista, Márcia Canavez, destacou a importância de realizar o primeiro contato com os alunos.

“Queremos realizar uma integração dos serviços e do ensino para esses alunos que vão realizar estágio no hospital. Esse é o primeiro contato de muitos com o dia a dia de atendimentos e queremos preparar esse aluno que está se formando. Ele esta na transformação, deixando de ser estudante e passando a ser profissional, por isso a importância de mostrar a estrutura do São João Batista”, disse.

O estudante de medicina André Luis Dande aprovou a ação do hospital para instruir e ensinar os alunos.

“Esse é meu primeiro contato com o internato. Achei muito boa ação para que os alunos não fiquem tão perdidos. E através dessas informações começamos a visualizar a estrutura do hospital que é referência na região. E é uma verdadeira escola para todos nós”, contou.

A ação contou também com a participação do diretor médico do São João Batista, Biazi Ricieri Assis, que falou sobre a estrutura do hospital. A assessora, Elizângela Alves, também participou falando da inserção da Rede Loco Regional. A equipe do núcleo de controle de Infecções Hospital tratou da ação de integração. E a assessora de treinamentos do RH, Maria Josefina Kruschewsky, falou sobre a humanização e acolhimento do SUS.

O prefeito Samuca Silva, destacou que o São João Batista é um hospital de referência tanto para o atendimento humanizado, quanto para o ensino de novos profissionais.

“O São João Batista é um dos hospitais que mais colaboram para a formação de novos profissionais na área da saúde. Para esses alunos esse contato é muito importante tanto profissionalmente como humanamente. Precisamos trabalhar a humanização e através destas ações a coordenação consegue passar as informações sobre a forma que se deve trabalhar com a população. Muitos estão tendo um primeiro contato ainda e para isso é preciso ter todo um trabalho de transição”, enfatizou.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, espera que todos pratiquem o acolhimento ao lidar com os pacientes. “Nós somos profissionais que temos contato direto com a população. Na hora do atendimento, é importante pensar que a pessoa já está fragilizada e a atenção e o cuidado no primeiro contato é muito importante”, disse.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *