Corpo de homem é encontrado no fundo de chácara no bairro Siderlândia
28 de fevereiro de 2019
Carnaval começa em Pinheiral
28 de fevereiro de 2019

Terceira idade de Barra Mansa comemora carnaval

Festa reuniu dezenas de idoso no Centro de Lazer Feliz da Vida

Embalados pela bateria do Bloco do Boi, centenas de idosos de Barra Mansa caíram na folia na manhã desta quinta-feira, 28. A festa, realizada no Centro de Lazer Feliz da Vida, no bairro Santa Rosa, foi organizada pela subsecretaria de Juventude, Esporte e Lazer/SME, em parceria com a Secretaria de Saúde, por meio do Centro do Idoso.

 

O evento foi prestigiado pelo subsecretário de Educação, Ricardo Rosas, os coordenadores da Juventude, Esporte e Lazer, Marcos Cambraia, e do Centro do Idoso, Eduardo Pimentel, além dos vereadores Daniel Maciel e Luiz Antônio Cardoso, que assumiu o microfone e ‘puxou’ diversos sambas enredos. A programação da festa contou ainda com dinâmicas de grupos, sorteio de brindes e aula de zumba.

O coordenador da Juventude, Esporte e Lazer, Marco Cambraia, lembrou que as ações desenvolvidas ao longo do ano têm melhorado significativamente a qualidade de vida dos idosos. “A participação da terceira idade tem sido crescente nos grupos de atividades físicas. É uma grande oportunidade de manter esse público ativo e inserido na sociedade”, destacou Cambraia, ressaltando que a pratica esportiva melhora a saúde física, psicológica e social.

Já o coordenador do Centro do Idoso, Eduardo Pimentel, disse que a festa visa agregar os idosos ao calendário de eventos do país, além de levar carinho e atenção a cada um deles. “É muito gratificante ver toda essa alegria e entusiasmo estampados no rosto de vocês. Com certeza, é o retorno do trabalho que realizamos no dia a dia pautado no respeito aos idosos”, afirmou Eduardo, agradecendo o apoio do prefeito Rodrigo Drable e do secretário de Saúde Sérgio Gomes pela preocupação e apoio ao Centro do Idoso.

Para a aposentada Eulália Maria de Marque, 68 anos, moradora do Santa Maria II, as atividades realizadas pela prefeitura são fundamentais para que os idosos se mantenham incluídos socialmente. “O tempo passa, os filhos crescem e vão cuidar das suas vidas e a casa fica vazia. Por isto, esses grupos de convivência são extremamente importantes. A gente se mantém viva, a mente fica ativa e o corpo sadio. Tem ainda, as novas amizades”, detalhou.

O baile da terceira idade também ajuda a manter os casais unidos. Prova disso é Maria das Graças e Mauro de Oliveira. Casados há 46 anos, ele contam que participam de todas as atividades juntos.

Maria Imaculada, 65 anos, e Francisco Alves Palmeira, 66, moradores da Boa Sorte, também confirmam que brincar o carnaval em dupla é muito melhor. “Somos casados há 44 anos e esta é a primeira vez que nos unimos em torno da folia. Na minha juventude, durante os dias de festa, eu passeava em casa e amanhecia nos blocos. Estou gostando muito dessa nova fase da vida”, concluiu Francisco Alves, ressaltando que participa do grupo de capoeira e considera que todas as atividades ofertadas pela prefeitura permitem um envelhecimento saudável.

Fotos: Chico de Assis

3 anexos

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *