COHAB de VR trabalha o Escritura Fácil para beneficiar famílias do Açude II
12 de abril de 2019
Saúde de VR investe na prevenção contra o tabagismo
12 de abril de 2019

Campanha de vacinação contra gripe começa para crianças e gestantes

A meta de Volta Redonda é vacinar 90% desse público-alvo formado por mais de 19 mil pessoas

Crianças dos seis meses aos cinco anos de idade e as gestantes formam o público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que começou na última quarta-feira, dia 10, e vai até o dia 18 de abril. Em Volta Redonda, esse grupo é composto por 19.372 pessoas e a meta é imunizar 90%.

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, convocou as gestantes e os pais a levarem os filhos para vacinar. “No ano passado cerca de 60% desse público-alvo foi vacinado em Volta Redonda. Mas a meta para 2019 é chegar aos 90%”, disse, avisando que a vacina está disponível em todas as 44 unidades de saúde da Atenção Básica, na Policlínica da Mulher e na Policlínica do Idoso.

Ele lembrou que a vacinação é a melhor forma de prevenção. “O objetivo da imunização contra gripe é evitar as doenças respiratórias. A dose anual reduz as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza na população”, disse.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Milene Paula de Souza, reforça que a segunda etapa da campanha de vacinação começa no dia 24 e vai até o dia 31 de maio, tendo o sábado, dia 4 de maio, como o Dia D de Vacinação.

“Nesse período, todos os grupos-alvo devem se vacinar. Além das crianças e gestantes, devem procurar as unidades de saúde as puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto); o trabalhador da área de saúde; professores; pessoas com 60 anos ou mais, apresentando documento para comprovação de idade; e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis”, enumerou, informando que, em Volta Redonda, esse público soma 71.418 pessoas.

O prefeito Samuca Silva pede que a população alvo da campanha procure a unidade de saúde mais perto de casa. “Em 2018, vacinamos mais de 46 mil pessoas e neste ano queremos avançar. O município disponibiliza doses para vacinar todo público-alvo. Todo cidadão deve ter como compromisso ajudar na divulgação da campanha”, pediu.

Já no primeiro dia da campanha de vacinação contra gripe, na última quarta-feira, dia 10, cerca de 50 gestantes procuraram a Policlínica da Mulher para vacinar. Letícia Aparecida da Silva Nascimento, moradora do bairro Caieiras, está com 38 semanas de gestação e foi logo garantir a imunização. “Meu menino está quase chegando e preciso estar saudável para cuidar dele”, disse.

Na Unidade Básica de Saúde Jardim Paraíba as crianças formaram o maior público a procura da vacina contra gripe. Patrícia Souza Nilo Mendes, moradora do bairro, levou a filha Manuela, de cinco anos para vacinar. “Gosto de vir logo no início da campanha. Evito que algum imprevisto faça ela ficar sem a vacina”, falou.

Luiza de Carvalho Mesquita Souza, moradora do Aero Clube, foi vacinar a filha Laisa Cristina, de três anos, que fez questão de esticar o braço e dizer que não ia chorar. “Ela está acostumada, uso a linguagem dela para explicar que é importante se vacinar”, contou.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *