Secretaria de Transporte e Mobilidade  já  revitalizou mais de 700 km de ruas  em Volta Redonda
15 de abril de 2019
Volta Redonda abre chamamento público para Sistema de Bicicletas Compartilhadas
15 de abril de 2019

Prefeitura de Volta Redonda inicia a semana com mutirão de limpeza em diversos bairros

Nono dia de serviço já recolheu mais de oito mil toneladas de lama

quipes da Secretaria de Infraestrutura de Volta Redonda estão, desde o início da manhã, desta segunda-feira, dia 15, trabalhando em diversos bairros do município para retirar sujeiras e lamas que ainda se encontram nas vias. Os focos da limpeza estão concentrados nas ruas mais movimentadas visando melhorar a fluidez do trânsito. Diariamente, as 50 equipes da SMI retiram das ruas do município aproximadamente 1,2 mil toneladas de terra e entulho.

Hoje os trabalhos foram concentrados nos bairros: Aero Clube, Ponte Alta, Açude I, Vila Brasília, Retiro, Beira Rio, Santa Helena, Coqueiros, Roma I, Belmonte e Conforto. Na programação estão retiradas de barro, raspagem e capina. Tudo para evitar que novas chuvas voltem a trazer transtornos para a população.

O Secretário de Infraestrutura, Toninho Orestes explicou que mais de oito mil toneladas de lama e lixo já foram retirados das ruas. “Quero frisar e pedir para que a população não aproveite desse momento para desfazer dos lixos domésticos, essa ação acaba atrasando o desenvolvimento do nosso trabalho, que está focado nas lamas e entulhos”,

A SMI informou ainda que, em vários pontos da cidade as ruas já foram liberadas, porém os motoristas precisam redobrar a atenção nos pontos que ainda há equipes trabalhando.

O prefeito Samuca Silva ressaltou que toda a estrutura pública municipal está trabalhando desde o início da semana passada e a orientação é que todas as pastas envolvidas atuem para minimizar os transtornos à população. “Essa resposta rápida para a população é importante para que as pessoas se sintam tranquilas e volte à vida normal o quanto antes. Qualquer transtorno a população deve entrar em contato com a Defesa Civil o mais rápido possível”, afirmou Samuca Silva.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *