Samuca anuncia nova licitação de ônibus em Volta Redonda
9 de maio de 2019
Mulher é morta e outra fica ferida no Açude
9 de maio de 2019

AAP-VR orienta idosos contra golpes que são aplicados

Alguns são antigos, mas praticados até hoje

“Cada vez mais, os espertalhões tentam tirar dinheiro das pessoas ingênuas, principalmente dos idosos. Por isso, publicamos no nosso Informativo uma matéria alertando a todos contra os principais golpes. Se cada um de nós ficar atento, os estelionatários terão muito mais dificuldades em aplica-los”.

A afirmação é do presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, Ubirajara Vaz. Segundo ele, “toda pessoa, mas principalmente o idoso, é preciso ficar atenta contra as várias tentativas de golpe praticadas por bandidos. Veja alguns dos principais:

Troca de cartão

Esse golpe ocorre normalmente aos finais de semana ou à noite, quando não há funcionários para auxiliar as pessoas nos bancos. As quadrilhas instalam um equipamento para reter o cartão dentro do caixa eletrônico, e, por não ter ninguém para ajudar, a pessoa vai embora ou pede orientação para um bandido e acaba passando seus dados bancários. No final, os ladrões pegam o cartão retido, retiram dinheiro e realizam compras.

Para evitar o problema, se o seu cartão ficar retido na máquina, ligue imediatamente para a central do banco para que ele seja cancelado. Quando utilizar o caixa eletrônico, certifique-se de que ninguém está observando sua senha e não peça ajuda a pessoas que não trabalhem no local.

Bilhete premiado

Esse golpe tem mais de 100 anos.Uma pessoa de aparência bem simples diz que ganhou na loteria, mas, por algum motivo, como perda de documentos, não consegue resgatar o prêmio. Por isso, propõe trocar o bilhete premiado por dinheiro. Quando alguém o abordar com essa conversa, saia de perto e denuncie.

Carro do sobrinho

Por telefone, um jovem já começa chamando a pessoa de “tio” ou “tia” e diz que o carro quebrou no meio da estrada. Em seguida, pede dinheiro para o conserto. A vítima, sem graça por esquecer o nome do suposto sobrinho, acaba depositando o dinheiro.

Falso sequestro

Esse golpe também já está ficando manjado: por telefone, os bandidos dizem que sequestraram um parente próximo da vítima e pedem um resgate. A pessoa do outro lado da linha, desorientada, acaba depositando o valor em dinheiro.

Na maioria dos casos, os golpistas ligam para um número aleatório e a própria vítima acaba falando o nome do suposto sequestrado sem querer. Portanto, numa situação como essa, o melhor é manter a calma e não passar informações.

Compra equivocada

Nesse golpe, o criminoso liga para a vítima dizendo que é da administradora de seu cartão de crédito e afirma que uma compra de valor exorbitante foi efetuada. Ele pergunta se pode autorizar a compensação, e a vítima, assustada, pede para cancelar. Em seguida, aceita passar os dados do cartão, que a quadrilha usa para fazer compras pela internet.

Golpe do seguro de vida

O golpe do seguro de vida contra aposentados está em prática no país há pelo menos cinco anos e costuma acontecer após a contratação de um empréstimo consignado.O problema é que, além de pagar o empréstimo, todo o mês é descontado uma quantia de R$ 18 de um seguro de vida da Central Nacional dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Centrape), ou de outra empresa, sem que o aposentado tenha feito tal seguro. Observe o seu contracheque e, se notar que há desconto sem que tenha solicitado o serviço, entre em contato com o INSS para denunciar.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *