Bope apreende drogas, fuzis e granada na Lambicada
14 de maio de 2019
Samuca Silva reafirma licitação das linhas da Viação Sul Fluminense
14 de maio de 2019

Sindpass terá que apresentar projeto para empresas assumirem as 10 linhas da Sul Fluminense

A reunião realizada na manhã desta terça-feira, no Palácio 17 Julho, sede do governo municipal, ficou decidido de que o decreto da concessão das linhas continua. No entanto, o prefeito Samuca Silva, vai aguardar o Sindpass (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros) apresente um projeto para as empresas, Cidade do Aço, Elite e Pinheiral, assumirem os 10 itinerários, da Viação Sul Fluminense.

O presidente da Câmara de Vereadores Edson Quinto (PR) liderou a ida dos vereadores para a reunião com o prefeito. Participaram da reunião também o presidente do Sindicato dos Rodoviários José Gama (Zequinha) e seu vice Luiz Rogério.

As dez linhas que serão destinadas as outras empresas, por um período até nova licitação, são as que tem mais reclamações no Ranking de Avaliação da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana. Entretanto, a empresa permanecerá operando as demais 21 linhas temporariamente.

O decreto foi assinado pelo prefeito Samuca Silva na sexta-feira, dia 10, determinando a caducidade da concessão da empresa Sul Fluminense, pelo fato da empresa não estar conseguindo cumprir o contrato.

Segundo o prefeito funcionários não serão afetados, pois deverão ser contratados pelas empresas que assumirem as linhas da Sul Fluminense. O prefeito destacou que a cidade vive há anos com o problema de falta de qualidade no transporte coletivo. Neste período várias fiscalizações foram feitas e muitas irregularidades foram registradas.

Segundo o prefeito a medida visa o profundo respeito ao povo de Volta Redonda. Disse ainda que foram dadas todas as possibilidades de ajustes e a empresa não conseguiu responder ao nível desejado. “A medida ajudará a própria empresa a se recompor. A abertura de nova licitação será feita para que a população tenha um sistema moderno e confortável, destacou o prefeito”, na última sexta-feira.

Após a reunião, o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Luiz Rogério informou a alguns manifestantes na escadaria de acesso ao Palácio 17 de Julho, que o prefeito assumiu um compromisso com os vereadores e sindicalistas de que o decreto não esta suspenso, mas vai aguardar uma posição do Sindpass.

“As empresas como sócias do Sindpass devem procurar cobrar uma postura da entidade. A garantia de emprego não existe com a entrada das linhas e da nova licitação. O presidente da Câmara de Vereadores, Edson Quinto assumiu um compromisso com o sindicato e vai marcar uma reunião com o Sindpass”, finalizou Rogério.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *