Jovem é assassinado no bairro Cambota, em Valença
10 de junho de 2019
Equipe de ginástica de Volta Redonda vai participar de Campeonato Brasileiro
10 de junho de 2019

Alunos do Projeto de Iniciação Desportiva da SMEL são avaliados em VR

Ação foi realizada pelos alunos de Educação Física do UniFoa no ginásio do bairro Santa Cruz

Nesta segunda-feira, dia 10, mais de 30 alunos do Projeto de Iniciação Desportiva (PID) da Secretaria de Esporte e Lazer (SMEL) foram avaliados por alunos do UniFOA do curso de Educação Física. A avaliação funcional faz parte de um projeto científico da instituição onde foram analisadas a parte motora (equilíbrio, flexibilidade e agilidade), a massa corpórea e estatura dos alunos de seis anos a 17 anos do PID. A ação foi realizada no ginásio do bairro Santa Cruz. Esse tipo de avaliação funcional também foi realizado nos alunos do Programa Melhor Idade em Movimento.

Segundo o professor e coordenador da pesquisa, José Cristiano Paes Leme, do UniFOA, a avaliação é muito importante para que a pesquisa acadêmica possa obter dados.

“A avaliação é importante para nossos alunos colocarem em prática o que aprendem dentro da sala de aulas e também para que possam coletar dados para a pesquisa, a parceria com a SMEL é muito importante para a realização deste trabalho”, disse.

Além do professor outros três alunos do curso de Educação Física participaram da atividade. A secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, destacou que esses resultados serão apresentados para a SMEL.

“Após o termino dessa avaliação esses resultados serão apresentados para a secretaria. Essa analise é de grande importância para que a SMEL possa identificar as fragilidades e potencialidades dos alunos do projeto para serem trabalhadas durante as aulas pelos nossos profissionais”, disse.

O prefeito Samuca Silva, enfatizou que a parceria entre a SMEL e a UniFOA é muito relevante para a melhoria das ações que são realizadas para a população.

“Todas essas avaliações mostram algum resultado que são aproveitados pela a equipe da SMEL. Isso faz com que as ações para a população sejam realizadas de forma mais sistemática e com uma maior qualidade. A parceria da SMEL com a UniFOA é essencial para esse trabalho”, contou.

O aluno Ruan Santos de nove anos achou divertido a avaliação realizada pela UniFOA.

“O professor pediu pra gente correr e agachar e pegar alguns cones. Foi diferente, nosso tempo foi cronometrado e eles pesaram e tiraram medidas. Achei divertido e ao mesmo tempo muito legal, nunca tinha feito nada parecido antes”, falou.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *