Museu de Arte Moderna de Resende recebe mostra de objetos reciclados
10 de junho de 2019

Onze animais ganham lar através do Espaço de Adoção Família Animal

Nove cães e duas gatas  foram adotados no espaço da secretaria de Meio Ambiente de Volta Redonda durante evento

A Rua de Compras realizada no último domingo na Avenida Amaral Peixoto, no Centro de Volta Redonda, além de movimentar a economia, promoveu a adoção de 11 animais que conseguiram um lar com liberdade, comida e abrigo. Nove cães e duas gatas receberam novos donos através do 1º Espaço de Adoção da SMMA “Família Animal”, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A dona de casa Jaqueline Nunes de Lara já tinha quatro cães em sua casa, no bairro Santa Cruz II, sendo três da irmã e um dela. Como havia perdido um cão recentemente, ela decidiu adotar o pequeno Marley, de dois meses, no evento. “É a primeira vez que adoto um cachorrinho aqui. Gosto bastante de cães e o Marley está até brincando com os outros”.

O Marley e os outros animais foram recolhidos das ruas e de lares que não ofereciam as mínimas condições de sobrevivência. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Maurício Ruiz, a Coordenação de Bem Estar e Proteção Animal foi criada há dois meses e já atendeu quase 200 pedidos de fiscalização por maus tratos a animais.

“Castramos mais de 20 animais por dia junto ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), com foco na assistência às organizações e cuidadores individuais. Hoje foi um passo importante, pois iniciamos uma nova fase na política de Proteção e Bem Estar Animal, com um foco mais positivo e direcionado à sensibilização das pessoas”, afirmou Maurício.

Os animais disponibilizados para adoção na Rua de Compras foram levados pelo grupo de proteção Amor Animal, sendo cinco cadelas, quatro cães e as duas gatas. Todo mês que houver Rua de Compras, será convidado um grupo de proteção animal e também serão levados animais de contribuintes cadastrados junto a SMMA e acumuladores acompanhados pela secretaria, informou a coordenadora da de Bem Estar e Proteção Animal, Alexsandra Fernandes.

“Através do aplicativo Fiscaliza VR, melhoramos o atendimento das demandas da população em relação a crimes contra os animais. Também estruturamos a equipe e capacitamos os fiscais. Contamos também com a presença da Guarda Ambiental para suporte a ações como apreensões e translado de animais, para castrações junto ao CCZ e situações de enfrentamento nas ações fiscais”, explicou Alexsandra, que conta ainda com um motorista e um veterinário.

O prefeito Samuca Silva reforçou o compromisso da administração municipal no cuidado com os animais do município.

“Já entregamos à Câmara dois projetos de lei. Um para a criação da Rede de Proteção e Defesa Animal e a obrigatoriedade em registro de identificação. Outro para permitir que a prefeitura firme convênios com ONGs e empresas privadas. Precisamos construir essas políticas públicas para melhorar o bem estar animal em nossa cidade”, frisou o prefeito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *