Novo Restaurante Popular recebe decoração em clima de Festa Junina
12 de julho de 2019
Praça Brasil recebe serviços de revitalização em Volta Redonda
12 de julho de 2019

CRAS do Monte Castelo recebe Pré Conferência de Assistência Social em VR

Propostas aprovadas  no encontro serão levadas para a Conferência Municipal de Assistência Social nos dias 22 e 23 em agosto

A equipe técnica da Secretaria Municipal de Ação Comunitária, e o Conselho Municipal de Assistência Social promoveram na tarde desta sexta-feira, 12,  na sede do Centro de Referência e Assistência Social( Cras) Professor Otoni Cândido, do bairro Monte Castelo, a Pré Conferência de Assistência Social, que contou com a presença de representantes da comunidade, trabalhadores sociais e entidades diversas.

Na abertura, a presidente do Conselho Municipal, Thais Alexandrino, justificou a realização das pré conferências nos bairros:  “A importância destes eventos é discutir e assim contribuir para o avanço das políticas de assistência social no município. São atividades preparatórias com o objetivo de nivelar conhecimentos, fazer debates e palestras, e mobilizar para a participação social” frisou. As propostas aprovadas servirão de subsídios ao debate na Conferência Municipal de Assistência Social nos dias 22 e 23 de agosto no Centro Universitário Geraldo Di Biase, a UGB do Aterrado.

O secretário de ação comunitária, Marcus Vinicius Convençal, destacou a importância das  pré conferências como subsídios para a Conferência Social que está programada para o mês seguinte: “São esses espaços que fortalecem a participação social  e precisa ser compreendido como um debate em torno das políticas públicas para conhecer as demandas da população de Volta Redonda, sendo necessário trabalhar o tema para aprimorar e qualificar ainda mais essas propostas”, comentou.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, comentou sobre a política municipal de  assistência social:

“O poder público tem que incentivar este debate para desenvolver propostas concretas que serão apresentadas e vão fortalecer as políticas públicas, junto aos governos estadual e federal, a partir do município. Direitos sociais, assistência social são conquistas da população e não podem ser tratados como gestos de caridade. Ouvir a população é a garantia da participação e de avanços nessas políticas públicas na assistência social”, enfatizou.

O tema central da  Conferência Municipal de assistência Social em agosto será  Política de Assistência Social como direito do povo, com financiamento público e participação popular. A Pré Conferência desta sexta-feira, teve a participação do psicólogo Caio Oliveira ( Cras do Rústico); das assistentes sociais Patrícia Ferraz( Cras São Carlos), Maiara Marcelino( Crás Monte Castelo) e Thayse Damascento( psicóloga da Smac).

As Pré Conferências já aconteceram nos Cras dos bairros Dom Bosco e Água Limpa. As próximas programadas serão nos Centros de Referência e Assistência Social da Vila Brasília( 18), Rústico(23) e Retiro(25).

Participantes comentaram o debate na comunidade.: “A comunidade tem que conhecer os programas sociais, os seus direitos,  para poder interagir e apresentar as suas reivindicações”, disse o professor Maurilio Luciano, 60.

A coordenadora do grupo de convivência de Melhor Idade, Cirlene Cecilia Gonçalves, viúva, 66 anos, disse que o momento é oportuno: “Em vez de ficar em casa, sozinha, o que é perigoso para a nossa saúde, a gente vem participar e sugerir. Temos muita experiência de vida para contribuir”, afirmou.  Juliana Cristina, 34, moradora, concluiu: “Gosto muito de participar de todos os eventos públicos no Cras”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *