Combate ao suicídio será tema de Audiência Pública na Câmara Municipal
9 de setembro de 2019
Prefeitura de Barra Mansa nomeia novo presidente da Previbam
9 de setembro de 2019

CCZ vai distribuir senhas para castração de animais na Exapicor

Distribuição será realizada no dia 28 de setembro, sábado, dentro da Área de Exposições

A Prefeitura de Resende, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) – ligado à Secretaria de Saúde, distribuirá senhas para o agendamento de cirurgias de castração de cães e gatos, durante a 52ª Exapicor (Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Resende). A mega festa popular da cidade acontecerá entre os dias 27 de setembro e 6 de outubro. As senhas serão ilimitadas e entregues exclusivamente para moradores de Resende, no dia 28 de setembro, sábado, no período de 9h às 11h, dentro da Área de Exposições, no bairro Morada da Colina. A ação acontece pelo segundo ano consecutivo na Exapicor, devido à grande concentração de pessoas.

O objetivo da castração é prevenir doenças e aumentar o controle da taxa de natalidade de cães e gatos no município. O coordenador do CCZ, Rodrigo Campos Teixeira, explicou como será feita a distribuição das senhas para o procedimento.

— Os interessados devem apresentar documento de identidade e comprovante de residência de Resende atualizado. O cadastro é direcionado apenas para quem reside em Resende, mediante comprovação. A equipe do CCZ realizará um cadastro por ordem de chegada, anotando o nome e o contato telefônico do interessado, até às 11h. Em um prazo de até cinco meses, o Centro de Controle de Zoonoses fará o agendamento para a realização da castração. É o segundo ano consecutivo que a ação beneficiará o público, que reside em vários bairros de Resende, durante a maior festa popular da região. A intenção é que todos possam ter acesso ao serviço gratuito, que é uma questão de saúde pública. No ano passado, cerca de 800 pets foram agendados para o procedimento em virtude desta distribuição. A expectativa é de que sejam marcados aproximadamente mil cães e gatos nesta segunda edição – frisou.

O coordenador reforçou sobre a importância da castração para as populações caninas e felinas, lembrando que há restrição para determinadas raças de cães. “O procedimento é fundamental para o controle do índice de natalidade de animais de rua, além de prevenir uma série de doenças. É importante informar que o CCZ não realiza esta intervenção cirúrgica em cães braquicefálicos, os famosos de focinho achatado ou curto, tais como: Bulldog Francês, Pug, Shih Tzu, Lhasa Apso, Maltês, Yorkshire, entre outros. Só este ano, já foram contabilizadas mais de 2.087 castrações pelo Centro. Em relação aos animais de rua, são recolhidos para o procedimento. Nestes casos, fazemos entre 10 e 20 castrações por mês”, frisou.

No ano passado, o CCZ realizou 1.946 castrações de cães e gatos. Em 2017, foram contabilizados 1.203 procedimentos do tipo. Já em 2016, foram apenas 171 castrações.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *