Problema em rede elétrica da light prejudica abastecimento no Santo Agostinho
17 de fevereiro de 2020
Volta Redonda desburocratiza entrega de alvará para as novas empresas
17 de fevereiro de 2020

Bruno assina cordo de Cooperação Técnica para construção de praça ambiental em Quatis

 Em cerimônia realizada na manhã desta segunda-feira, 17, no campus Nilo Peçanha do Instituto Federal do Rio de Janeiro, na cidade de Pinheiral, o prefeito Bruno de Souza (MDB) assinou o acordo de cooperação técnica para a construção de uma unidade do projeto “Cílios do Paraíba”, uma praça ambiental, que se localizará no bairro Jardim Pollastri, na área central de Quatis, próxima à Escola Municipal Victória dos Prazeres. A obra vai ser realizada com recursos da AGEVAP (Agência Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul), através do Comitê de Bacias do Médio Paraíba do Sul.

Nove cidades do sul fluminense se inscreveram para a seleção dos dois municípios contemplados com o projeto, sendo que Quatis e Itatiaia tiveram todos os procedimentos aprovados pelo comitê, daí a escolha destas duas localidades para a construção da praça ambiental (uma praça, em cada uma das cidades). No caso do projeto “Cílios do Paraíba” em Quatis, a praça vai ser construída na Rua Alexandre Pollastri, numa área aproximada de 650 metros quadrados, cedida pela prefeitura, que também acompanhará passo a passo a execução do projeto.

– O projeto Cílios do Paraíba atenderá cidades alcançadas pelo Rio Paraíba do Sul, e tem como objetivo, entre outras finalidades, ampliar as ações de conscientização e preservação desta bacia hidrográfica de vital importância para as populações de diversas cidades dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. A Prefeitura de Quatis se inscreveu para esta seleção e felizmente foi selecionada – declarou o prefeito Bruno de Souza, acrescentando que o início das obras está previsto para este semestre.

De acordo com o projeto “Cílios do Paraíba”, a praça ambiental de Quatis terá trilha de caminhada com pavimento feito por pneus; lixeiras destinadas ao recolhimento seletivo de lixo e para o lixo úmido; bancos e postes; painel eletrônico com informações sobre o Rio Paraíba do Sul e a divulgação das condições do tempo, entre outros equipamentos, todos confeccionados com materiais recicláveis, incluindo a trilha, cuja largura será de dois metros e o cumprimento vai ter cem metros. Já os postes de iluminação usarão energia solar e as placas de divulgação vão ser instaladas visando atender também os cidadãos com deficiência visual.

Em menos de três meses, esta foi a segunda iniciativa conjunta da Prefeitura de Quatis com o Comitê de Bacias do Médio Paraíba do Sul e a AGEVAP em favor da preservação do meio ambiente. No final do ano passado, começaram a ser instaladas placas educativas com o objetivo de prevenir a ocorrência de queimadas, um problema muito comum no chamado tempo da estiagem. As placas foram instaladas às margens das duas rodovias estaduais que ligam a área urbana à zona rural da cidade, uma delas ao distrito de Falcão e a outra ao distrito de São Joaquim.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *