Ano letivo da Escola de Governo e Gestão de Volta Redonda começa nesta quinta-feira
19 de fevereiro de 2020
PRF inicia ‘Operação Carnaval’ nas rodovias federais do RJ
19 de fevereiro de 2020

Estado entrega identificação civil com nome social a sambistas

Personalidades foram homenageadas no Palácio Guanabara

O Governo do Estado homenageou, nesta quarta-feira (19/02), nove personalidades do samba com a entrega de documentos de identificação civil com nome social emitidos pelo Detran.RJ. A carteira inclui o nome artístico dos sambistas, além de seu nome de nascimento. A ação foi um reconhecimento à importância destas personalidades para a cultura do estado do Rio de Janeiro.

Noca da Portela, Tia Surica, Neguinho da Beija Flor, Selminha Sorriso, Bira da Mangueira, Índio da Mangueira, Ronaldo Mestre Cartola Filho, Roberta Mestre Cartola Neta e Jô Calça Larga receberam a homenagem em cerimônia no Palácio Guanabara.

– Parabéns pela iniciativa do Detran. São personalidades do samba que merecem este reconhecimento – disse o governador.

Na cerimônia, Witzel também anunciou a criação de projeto sobre Música Popular Brasileira nas escolas.

– Queremos voltar a ter nas escolas o ensino da música, especialmente o samba. Estamos conversando com o professor Ricardo Cravo Albin, que tem um projeto maravilhoso com CDs gravados com as histórias da MPB – ressaltou o governador.

O presidente do Detran.RJ, Antonio Carlos dos Santos, destacou que a iniciativa reforça o samba como um dos principais bens imateriais do estado.

– Considero este evento importante e fundamental para a cultura do estado. Conhecemos estas personalidades pelos nomes artísticos – afirmou.

De acordo com o Detran.RJ, para solicitar o documento é preciso pedir a segunda via da identificação civil com a inclusão do nome social. Qualquer pessoa pode incluir o nome social ou apelido pelo qual é conhecido na identidade.

Baluartes do samba

Noca da Portela agradeceu a homenagem dada aos sambistas.

– Em nome dos sambistas agradeço esta homenagem, afinal de contas aqui está um pouco da história do samba. Estamos recebendo flores em vida – disse, lembrando a composição de Nelson Cavaquinho.

A porta-bandeira Selma de Mattos Rocha, mais conhecida como Selminha Sorriso, também comemorou a iniciativa do Governo do Estado.

– Estamos aqui representando todos os sambistas, não somente nós, pessoas físicas. Este é um momento de respeito ao sambista. Viva o samba – disse.

A pesquisadora e escritora Marília Trindade Barbosa ganhou uma homenagem especial. Recebeu o título de cidadã fluminense pelos serviços prestados à cultura brasileira.

Também participaram da cerimônia o vice-governador, Claudio Castro, a secretária de Estado de Cultura, Danielle Barros, e os secretários de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, e da Casa Civil e Governança, André Moura.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *