Polícia Militar prende jovem com droga no Monte Castelo
24 de fevereiro de 2020
Zoológico é opção de lazer no domingo de Carnaval
24 de fevereiro de 2020

Alunos dos cursos preparatórios da Fevre são aprovados em faculdades

Fundação oferece gratuitamente pré-vestibular e pré-técnico

Incentivar os alunos da rede pública a ingressar na universidade e em cursos técnicos é o principal objetivo do curso preparatório da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre), oferecido para alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, das redes públicas ou particular, de forma gratuita.

Em um cenário de muita competitividade, os alunos conquistaram a aprovação em diversas instituições. O ‘Fevre rumo às universidades’ registrou 20 alunos aprovados para o curso superior, sendo sete deles aprovados para as instituições federais. E 64 alunos do curso preparatório para escolas técnicas foram aprovados para o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).

“Temos que incentivá-los a sonhar em ingressar na universidade e, através desse curso preparatório, conseguimos dar apoio para que esse sonho se realize. Esse curso é aberto a comunidade e alunos da rede estadual e de outras unidades escolares do município podem participar. Investir nos nossos alunos é de grande importância para o futuro”, explicou o prefeito Samuca Silva.

As aulas do curso são oferecidas todos os sábados, no Colégio Professora Delce Horta Delgado, no bairro Aterrado.

Para a aluna Thayna Estevão, estudante do Colégio Estadual Rio Grande do Sul, a aprovação na faculdade foi uma grande conquista. “Muitas pessoas duvidavam da minha capacidade de passar em uma federal. Fiquei sabendo desse curso através de um amigo que estuda no João XXIII. Ele ajudou bastante para que eu passasse para a faculdade. Sou a primeira da minha família a começar a cursar ensino superior. Estou muito feliz pela conquista”, disse a aprovada no curso de Química Industrial, para a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

O diretor-presidente da Fevre, Waldyr Bedê, comentou a importância do curso. “Estamos proporcionando aos alunos a possibilidade de sonhar. A ideia do curso preparatório para a faculdade surgiu como uma ação efetiva da fundação para atender alunos concluintes ou que já concluíram o Ensino Médio”, contou Bedê.

Para Maria Júlia Higino, de 15 anos, que estudou em escolas privadas, o curso da Fevre foi fundamental. “Foi uma ótima experiência participar do curso. Eu não tinha uma escola em mente para ir depois do fundamental, então eles me abriram um leque de opções. Foi diferente e experiência na rede pública, mas foi bom, todos sempre foram muito educados, a escola apresentou uma ótima estrutura e recebeu todos os estudantes muito bem e com organização. Recomendo o curso para os outros estudantes”, disse a aluna que já está estudando no curso de Automação Industrial, no IFRJ.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *