Barra Mansa capacita funcionários da área de saúde
26 de março de 2020
Bruno flexibiliza o funcionamento de agências bancárias em Quatis
26 de março de 2020

Procon de Resende disponibiliza contatos para denúncias de preços abusivos

Serviço já identificou e notificou mais de dez estabelecimentos graças ao trabalho em parceria com a população

Em Resende, os casos de preço abusivo, principalmente em produtos essenciais de prevenção ao Novo Coronavírus, podem ser denunciados sem sair de casa. O Procon de Resende disponibilizou e-mails e telefones para que a população possa relatar estes casos e contribuir com a fiscalização feita de maneira recorrente no município.

Para denunciar, o munícipe deve enviar um e-mail com o endereço completo do estabelecimento, além de uma foto do produto com o preço abusivo. Os e-mails disponibilizados são: [email protected] ou [email protected] As ocorrências são, geralmente, pelo preço do álcool em geral e máscaras, produtos de grande procura em virtude da pandemia do COVID-19, o coronavírus. Para mais informações, há também os números de telefone 3354-4410 ou 3354-6249.

– O consumidor não precisa comprar o produto com preço abusivo para comprovar, basta tirar uma foto do produto com preço e enviar por e-mail junto do endereço completo. Os fiscais irão ao local para notificar o estabelecimento. As fotos são fundamentais também para que não tenhamos denúncias falsas e, assim, o Procon possa fazer o trabalho pensando nos direitos do consumidor – explica Camila Resende, responsável pelo Procon Resende.

Ainda de acordo com Camila, até o momento 13 estabelecimentos já foram identificados e notificados com a ajuda da população. O canal de denúncias é fundamental para assegurar os direitos do consumidor e reforça a importância do trabalho em equipe entre a gestão municipal e a população.

Mesmo com as medidas de prevenção ao coronavírus, os fiscais do Procon seguem atuando nas ruas em dois turnos. A sede do Procon funciona de forma interna e atende somente casos emergenciais, como corte de energia e corte de água.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *