Sobem de 8 para 18 casos de coronavírus em Volta Redonda
26 de março de 2020
População de Volta Redonda recebe mais de 16 mil sabonetes em dois dias de doação
26 de março de 2020

Secretário de Ordem Pública responde dúvidas da população sobre funcionamento dos serviços durante quarentena

Entre as orientações estavam questões sobre bancos e lotéricas, indústrias e deliveries

O Secretário de Ordem Pública de Barra Mansa, Luiz Furlani, utilizou sua página oficial no Facebook como canal para tirar dúvidas da população quanto ao funcionamento de alguns serviços no município.

O primeiro assunto abordado foi o funcionamento dos bancos e unidades lotéricas. As instituições financeiras Banco do Brasil, Caixa Econômica e Bradesco estão funcionando através do autoatendimento nos caixas eletrônicos e atendimento em casos especiais, como: liberação de senhas, troca de cartão e demais casos que não podem ser resolvidos através dos terminais eletrônicos.

O Itaú e o Santander também estão trabalhando com o autoatendimento. O atendimento interno está sendo realizado com contingenciamento de pessoas, permitindo a entrada na agência, em sistema de espera de 10 minutos entre um cliente e outro.

As lotéricas do centro da cidade estão fechadas, ficando como opção as unidades dos bairros, que funcionarão conforme determinação dos proprietários. Essas decisões foram definidas pelo Sindicato dos Bancários de Barra Mansa.

Furlani deu continuidade, citando os serviços que estão permitidos no município, mas que ainda causavam dúvidas. Indústrias, transportes de cargas, serviços postais, postos de gasolina, serviços de entrega, padarias, pet shops e agropecuárias podem funcionar normalmente, respeitando os protocolos de saúde.

Armazéns, distribuidoras, depósitos, tornearias, serralherias, litográficas, marcenarias, esquadrias de alumínio e vidraçarias podem funcionar, desde que para serviço interno, sem atendimento ao público. O trabalho deve-se limitar a produção ou reserva dos produtos e entrega aos clientes.

– A única exigência neste momento para estes locais que têm aglomeração de funcionários é estarem disponibilizando os itens necessários de higienização, conforme recomendação do Ministério da Saúde, do decreto estadual e municipal, informou Furlani.

Bares, lanchonetes, restaurantes, lojas de doces, adegas e depósito de gás somente por delivery, não estando autorizada nenhuma outra forma de funcionamento.

As empresas de serviço de manutenção de telefonia, TV e Internet, só podem efetuar o trabalho com autorização da Secretaria de Ordem Pública e da Guarda Municipal. “Diariamente, as empresas já estão fazendo o protocolo das ordens de serviço e assim estão tendo as autorizações para que prestem o serviço. Nós entendemos que é fundamental neste tempo, onde as pessoas estão tendo a recomendação de ficarem em casa, que elas também tenham o acesso à informação e este serviço também estão entre os essenciais diante do decreto do nosso presidente”, esclareceu Furlani.

Escritórios de todos os tipos podem trabalhar internamente, desde que se atentem ao fornecimento dos itens de higienização previstos nos protocolos de saúde, como também na redução do número de efetivo, conforme determina o decreto estadual, ratificado pelo decreto municipal.

Produtos médicos e produtos terapêuticos possuem autorização para funcionar, desde que respeitem as determinações de segurança que visam à saúde dos funcionários.

Lojas de comidas congeladas irão funcionar, contanto que respeitem as regras que evitem a aglomeração de pessoas e que promovam a higienização adequada.

Serviços da Light

Luiz Furlani apontou o serviço da prestadora de energia Light como um dos pontos mais abordados pela população. O secretário informa que a própria empresa emitiu uma nota, onde informa a suspensão de seus serviços por 15 dias, a partir do dia 20 de março. “A Light não está aberta para atendimento ao público”, frisou.

Preço dos produtos nos supermercados

Outro assunto muito comentando foi o preço praticado nos supermercados devido à quarentena. “Nós estamos fiscalizando, através do Procon, e vamos intensificar essa fiscalização. Já houve autuações de preços abusivos. Não pode, em um momento tão difícil como esse, os supermercados aumentarem exageradamente os preços de alguns produtos como vem ocorrendo. Caso seja constatado a abusividade, não só haverá multa, como também é crime contra o consumidor, podendo o Procon, com o apoio da Guarda Municipal e da Secretaria de Ordem Pública, conduzir o representante à delegacia.

Autuação em concessionárias

Luiz Furlani também explicou sobre a interdição de algumas concessionárias de marca. “Elas estavam funcionando com venda de salão, que já tinha sido informado que era proibida. Somente as mecânicas e elétricas que estavam com autorização para funcionamento. As concessionárias fizeram um oficio, buscando a liberação para funcionar tão somente como mecânica e atender as vistorias marcadas pelos seus clientes. As mecânicas autorizadas de marca estão liberadas para funcionar”, informou o secretário.

Condições de trabalho

Após centenas de denúncias sobre as condições de trabalho nas farmácias, a Secretaria de Ordem Pública fez vistorias em estabelecimentos no bairro Ano Bom, onde notificaram alguns para o cumprimento dos itens de segurança dos funcionários. As vistorias continuarão nas farmácias em outros bairros.

Empresa de Telemarketing

Furlani informou que foi feita a suspensão do trabalho da empresa, que agora passa a funcionar em sistema de Home Office. Foram mantidos os serviços administrativos e de TI, para dar suporte aos profissionais que vêm atuando em casa. Com essa medida, a prestadora de serviço, que possui 2.500 colaboradores, passa a trabalhar com somente 30 funcionários no local.

– Mesmo o decreto presidencial dizendo que o serviço de telemarketing   é um serviço essencial, nós, como Poder Público Municipal, entendemos que neste momento o nosso objetivo é preservar a saúde dos trabalhadores e a vida dos seus familiares acima de 60 anos.

O secretário Luiz Furlani finalizou o vídeo, reiterando o trabalho realizado pela prefeitura. “Estamos direcionando todas as ações, junto com a Fiscalização de Posturas e a Guarda Municipal, com o objetivo único de preservar a saúde do cidadão barra-mansense e, consequentemente, a vida”.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *