Polícia Militar apreende grande quantidade de drogas em Barra Mansa
29 de setembro de 2020
Carro é furtado na Vila Santa Cecília
29 de setembro de 2020

Prefeitura de VR faz reunião com feirantes para debater medidas de combate ao coronavírus

Comissão com representantes de todos os setores da Feira Livre vai definir protocolos de prevenção à Covid-19 para o retorno das atividades nos locais tradicionais

Cerca de quarenta feirantes de Volta Redonda estiveram na tarde desta segunda-feira, dia 28, no Teatro Maestro Franklin de Carvalho Júnior, no Colégio Getúlio Vargas, no Laranjal, para discutir com representantes da Prefeitura de Volta Redonda o melhor formato para a Feira Livre no atual momento. O secretário do Gabinete de Estratégia Governamental, Joselito Magalhães; a subsecretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Thais Souza; e o diretor do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda, Wagner Jardim Chaves; conduziram o encontro.

Após ouvir a opinião dos feirantes de todos os setores, Joselito Magalhães propôs uma votação livre e a maioria acredita que o formato atual, com as barracas mais afastadas ainda é a melhor opção neste momento de pandemia. Por ordem judicial, apenas as quintas, sextas, sábados e domingos, o setor de roupas, calçados e presentes, considerados não essenciais, pode funcionar.

Diante da decisão da maioria, ficou definida a criação de uma comissão com representantes de todos os setores da Feira Livre para criar protocolos de prevenção à Covid-19 a serem implantados para que tudo possa funcionar no mesmo espaço novamente. Exemplos como a implantação de lavatórios para as mãos, fiscalização sobre o uso de máscara e para coibir aglomeração de pessoas, além da divulgação do tratamento com a Nitazoxanida, que deve ser iniciado até o terceiro dia de sintoma para evitar o agravamento da Covid-19, foram citados. A ideia é marcar encontros periódicos entre os feirantes e representantes do poder público para discutir estes protocolos.

A Feira Livre de Volta Redonda funciona às terças-feiras no bairro Retiro; às quartas-feiras, na Sessenta, por enquanto, apenas os gêneros alimentícios; às quintas-feiras, no Volta Grande, a feira foi transferida para a Rua 1050 para garantir o distanciamento entre as barracas; na sexta-feira, os gêneros alimentícios e o de vestuário ficaram divididos entre as ruas 4 e 2, no Conforto; no sábado, os alimentos ficam no local tradicional e o vestuário foi transferido para a rua da Capela Mortuária; e no domingo, o setor de roupas, sapatos e presentes ficou na Rua 14, na Vila Santa Cecília, e as barracas de alimentos na Rua 60, mesmo local da feira de quarta. Secom/VR com fotos de Felipe Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *