Jovem acusado de matar rapaz no Cemitério do Retiro é preso
2 de dezembro de 2020
Deputado Federal Antonio Furtado cobra da prefeitura de Volta Redonda informação sobre a compra do aparelho de Ressonância Magnética
3 de dezembro de 2020

MPRJ e Polícia Civil deflagram operação para prender policiais civis pela prática de extorsão no Rio

MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), e em parceria com a Polícia Civil, por intermédio de sua Corregedoria Geral, deflagrou nesta quinta-feira (03/12), operação para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, com quebra de sigilo de dados de aparelhos eletrônicos, contra seis denunciados – cinco deles policiais civis – pela prática de extorsão, com a cobrança de propinas de proprietários de veículos envolvidos com algum tipo de irregularidade. A ação conta com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ).

Relata o MPRJ que, no ano de 2015, os denunciados praticaram crimes, inclusive dentro da própria sede policial – a 28ª Delegacia, no bairro de Campinho, Zona Norte do Rio. Atuavam com ameaça e/ou restrição de liberdade das vítimas, se utilizando, para tanto, de seu aparato funcional. Viaturas e armas, além da citada delegacia, foram utilizadas para que conseguissem lograr êxito nos crimes. Assim, estão denunciados, com pedido de prisão preventiva, Rogério Teixeira de Aguiar, Joel Tonassi de Oliveira, Vladimir Machado, Vinicius Lando Forni (‘Gaúcho”), Leonardo Alexandre Silvano de Andrade e Carlos Augustus Lima da Cruz Junior, todos policiais civis, à exceção do último.

Cabe ressaltar que as investigações que resultaram em denúncia e na operação desta quinta-feira (03/12) tiveram origem em acordo de colaboração premiada homologado pela  1ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *