Belford Roxo vence Barra Mansa por 1 a 0 pelo Estadual (Série B2)
23 de outubro de 2022
Roberto Jefferson se entrega à Polícia Federal
23 de outubro de 2022


Cinegrafista da Rede Globo é agredido em Levy Gasparian

O cinegrafista Rogério de Paula, da Inter TV, afiliada da Rede Globo na Região Serrana do Rio, foi agredido, na tarde deste domingo (23), quando a equipe cobria o episódio relacionado à ordem de prisão do ex-deputado federal Roberto Jefferson, em Levy Gasparian, ex-distrito de Três Rios (veja as imagens ao final do texto). Ele estava no local acompanhado do repórter Carlos Miranda, que foi hostilizado, mas não chegou a ser agredido.

Rogério de Paula precisou ser levado a um hospital, pois passou há poucos meses por uma cirurgia neurológica. Ele estava de costas para o homem que o agrediu, que vestia uma camisa verde e se afastou logo depois de praticar a agressão. A câmera caiu no chão, assim como o profissional da TV. Na imagem aparece outro homem de camisa verde, mas que não é o agressor.

Desde as primeiras horas da tarde há uma grande concentração em frente à casa do ex-deputado, apoiador de Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição. Jefferson teve a prisão decretada novamente pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por descumprir condicionais para a prisão domiciliar. Ele divulgou um vídeo com ofensas à ministra Cármem Lúcia, a quem chegou a chamar de “prostitura arrombada”.

Na tentativa de cumprir a ordem judicial, uma equipe da Polícia Federal foi atacada por Jefferson, com um delegado e uma agente sendo feridos por estilhaços. O carro da corporação foi atingido por tiros disparados pelo ex-deputado. O Bope (Batalhão de Operações Especiais) da Polícia Militar e policiais do 38º BPM (Batalhão de Polícia Militar), de Três Rios, estão no local.]

Bolsonaro designou o ministro da Justiça, Anderson Torres, para ir a Levy Gasparian acompanhar o caso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *