Concilia VR completa um mês e deve ampliar arrecadação em mais de 50% em relação ao mês de abril
24 de maio de 2023
Polícia Militar apreende drogas no bairro Santa Inês, em Barra Mansa
24 de maio de 2023


Estudantes de Medicina do UniFOA terão oportunidade de estagiar no Samu

Alunos de Medicina do Centro Universitário de Volta Redonda, em período de internato, poderão estagiar no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) a partir de julho deste ano. A oportunidade surgiu graças a uma parceria firmada entre o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraíba (Cismepa), o UniFOA e o UNIFAA.

O convênio foi firmado na última sexta-feira, 19 de maio, durante uma reunião virtual em que o coordenador adjunto de Medicina do UniFOA, Luiz Antonio Neves, participou com o secretário executivo do Cismepa, Rodrigo Lages, e o coordenador de Medicina do UNIFAA, Rafael Moura.

Nesse encontro, foi definido que das 80 vagas disponíveis para estágio, aos dois centros universitários, 30 serão destinadas à Central de Regulação – onde as equipes são responsáveis por atender e gerenciar todas as ligações telefônicas do 192.

Já as outras 50 vagas serão para a Intervenção do Samu, em que os estudantes atuarão diretamente nas Unidades de Suporte – ambulâncias, no atendimento médico especializado de emergência para casos considerados mais graves.

Primeira vez nesse campo de estágio

O UniFOA e a outra instituição conveniada serão as responsáveis pela escala dos acadêmicos no programa de estágio. Eles participarão, sob supervisão, de situações reais, contribuindo para o aprimoramento de habilidades práticas, como explicou Luiz Antonio.

– Isso agrega mais valor à formação deles. Confronta o mundo real, com o que existe no dia a dia, na área de urgência e emergência. Eles já fazem isso dentro dos prontos-socorros, mas não tinham essa oportunidade, porque não existia esse campo de estágio, da área pré-hospitalar. A emergência antes de chegar ao hospital. E ela é feita tanto do ponto de vista de uma regulação, que é muito importante, e também no atendimento direto à vítima, daqueles que estarão dentro da ambulância – analisou.

Para o presidente da FOA, Eduardo Prado, essa iniciativa trará benefícios significativos para todos os envolvidos, fortalecendo ainda mais a missão de formar médicos competentes e comprometidos com os atendimentos à população em toda a região.

– Essa oportunidade no campo de estágio do Samu será impactante no desenvolvimento dos futuros médicos, capacitando-os para enfrentar os desafios do sistema de saúde atual. Continuaremos investindo em iniciativas que proporcionem aos nossos estudantes uma formação completa e voltada para as necessidades reais da sociedade. E agradecemos aos profissionais do Samu por abrirem as portas para nossos futuros médicos – ressaltou.

O secretário do Cismepa enfatizou que essa iniciativa será excelente para o desenvolvimento educacional e profissional, além de fornecer apoio adicional aos atendimentos diários do Samu.

– Todos os alunos serão supervisionados pelos profissionais que já compõem o Samu, na Central de Regulação e em suas respectivas bases descentralizadas nas cidades de Barra do Piraí, Barra Mansa, Piraí, Resende, Rio Claro, Valença e Volta Redonda – explicou Rodrigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *