Objetos perfurantes colocados nas ruas da cidade deixam motoristas vulneráveis
5 de dezembro de 2023
VR: Patrulha do Idoso alcança em cinco meses quatro mil pessoas com a divulgação dos direitos da pessoa idosa
5 de dezembro de 2023


Barra Mansa apresenta Centro de Atendimento à População LGBTQIA+

Projeto foi divulgado em reunião realizada no Parque de Saudade, na tarde de segunda-feira (04)

A Prefeitura de Barra Mansa, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), apresentou o projeto de implantação do Centro de Atendimento à População LGBTQIA+. O evento realizado na tarde de segunda-feira (04), no auditório do Parque de Saudade, localizado no bairro Saudade, serviu para explicar como funcionarão as atividades no local.
O projeto visa proporcionar um ambiente de acolhimento e voz para essa população que sofre com discriminação e ataques físicos e psicológicos. A abertura do Centro de Atendimento está sendo trabalhada para acontecer entre o fim do mês de dezembro e a primeira quinzena de janeiro de 2024, sendo localizado na Rua Santos Dummont, nº 125, no Centro.
O local contará com uma equipe composta por psicólogo, advogado e assistente social. Os serviços serão realizados em diversas etapas, que contam com acolhimento, orientação técnica e encaminhamento para áreas especializadas.
De acordo com o secretário da pasta, Fanuel Fernando, a implantação do projeto é um momento marcante para o município. “Estou feliz de exercermos o papel da nossa secretaria de promover os direitos humanos, algo que o nosso prefeito sempre nos pede. A criação desse Centro de Atendimento já era necessária há muito tempo e visa ajudar essa população”, comentou.
O coordenador do Centro Pop e idealizador do projeto, Thiago Félix, explicou a importância do Centro de Atendimento à População LGBTQIA+. “Nosso intuito é que eles estejam presentes dentro da Assistência Social e que a gente consiga acompanhar as violações de direitos humano que acontece na nossa cidade, além de fazer com que essa pessoa tenha a dignidade e o direito de ser quem ela é”, ressaltou.
Presente na apresentação, o secretário de Governo, Luiz Furlani, comentou sobre o projeto. “Toda a iniciativa que vise ampliar o atendimento a todos os públicos, sem exceção, é válida”, declarou. A vereadora Rayane Braga também esteve presente no encontro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *