PM apreende drogas no bairro Vale do Ipiranga em Barra do Piraí
1 de abril de 2024
VR: Washington Uchôa deixa Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência
1 de abril de 2024


Hemonúcleo de Barra Mansa segue reforçando a necessidade de doações

Tipos negativos representam as principais demandas atualmente
O Hemonúcleo de Barra Mansa segue reforçando a necessidade de a população continuar doando sangue, um ato de generosidade que dura apenas 15 minutos e pode salvar até quatro vidas. Atualmente, a unidade se encontra com os tipos sanguíneos positivos em situação regular, enquanto os negativos estão em nível crítico (A- e AB-), baixo (B-) e regular (O-).

 A coordenadora da unidade, Thaís Mendes, destacou a importância do empenho dos voluntários para o aumento do estoque, principalmente por causa do alto número de casos de dengue no país, além das demandas habituais. “É de extrema importância que muitas pessoas doem para que possamos aumentar o estoque, visto que a nossa demanda é muito alta e estamos lidando com a questão da dengue, que diminui as plaquetas. Doar sangue é doar vida”, disse Thais.
Para doar é necessário ter entre 16 e 69 anos. Para idosos, a primeira doação deve ser feita até 59 anos, 11 meses e 29 dias. Para menores de idade, somente mediante autorização de seus responsáveis. A pessoa deve estar com saúde em dia, pesar no mínimo 50 quilos e não ter ingerido bebida alcoólica no mínimo 24 horas antes da doação. Caso tenha feito tatuagem, é necessário aguardar seis meses após a sua realização.
O Hemonúcleo está localizado na Rua Pinto Ribeiro, n° 205, anexo à Santa Casa de Misericórdia, no Centro. As doações podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, entre 7h e 11h, exceto feriados. O telefone para mais informações é o (24) 3512-0788. Fotos: Arquivo PMBM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *