Barra do Piraí registra duas mortes por febre maculosa
29 de agosto de 2019
Polícia prende homem com mandado no bairro Boa Sorte
30 de agosto de 2019

Resende terá ambulatório especializado em saúde mental com serviço centralizado

Novo espaço terá estrutura adequada, mais profissionais e vai gerar redução no tempo de espera por atendimento

A população de Resende está próxima de ganhar um grande reforço para o serviço público na área da Saúde Mental. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, anunciou que, pela primeira vez, o município terá um Ambulatório Especializado em Saúde Mental, no qual os atendimentos serão centralizados. A nova sede do serviço, com profissionais de psicologia, psiquiatria e assistência social, ficará na Avenida Riachuelo, no bairro Vila Julieta.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Alexandre Vieira, atualmente o serviço opera de forma descentralizada, divido em salas espalhadas por três policlínicas do município, o que dificulta o acesso dos pacientes, o encontro das equipes para discutir sobre os atendimentos e atuar de forma alinhada. A centralização do serviço, portanto, é um dos grandes benefícios da nova sede, que pretende obter um aproveitamento maior no tratamento dos pacientes.

O local escolhido para a nova sede comportava, anteriormente, o CEMAF (Centro Municipal de Atendimento Fonoaudiólogo), que foi transferido para um local maior, na Rua Coronel Rocha Santos, bairro Jardim Brasília. Para garantir a estrutura adequada e o conforto para os pacientes, todo o mobiliário da sede será adquirido pela Prefeitura.

Com a centralização dos atendimentos, será possível, por exemplo, aplicar uma roda de terapia comunitária, com acompanhamento de vários profissionais. Outro importante serviço que será implementado é uma ‘oficina de geração de renda’, na qual os pacientes psiquiátricos aprendem a produzir artesanato para exercerem uma atividade econômica. Para a Superintendente de Saúde Mental, Jéssica Pavone, o local será um ganho sem precedentes para este segmento da saúde no município.

– Presenciamos diversos setores da saúde pública em progresso constante no município e as melhorias chegaram ao serviço de saúde mental. O grande objetivo do ambulatório é proporcionar mais acolhimento e rapidez no atendimento, diminuindo o tempo de espera dos pacientes. Muitas pessoas não possuem um plano de saúde ou condições de arcar com o serviço privado e a gestão pública entra com esse suporte fundamental na vida de muita gente. É importante destacar que há um aumento considerável na demanda dos sofrimentos psíquicos na sociedade, mais um fator preponderante para reforçar a importância do novo ambulatório – explica a superintendente.

Ainda segundo a superintendente, a expectativa é de que o novo ambulatório seja inaugurado ainda este ano e se torne um dos primeiros deste tipo mantido pelo poder públicos neste segmento a operar em toda a região. A estrutura do espaço receberá uma reforma completa, nova pintura e mobília antes que os serviços comecem a ser oferecidos no local.

Novos Profissionais

Com a chegada do ambulatório, o serviço ganhará novos profissionais para compor a equipe de atendimento. Para isso, profissionais concursados serão convocados e reforçarão o contingente de psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais e agentes administrativos. O reforço será fundamental para o recebimento de um fluxo maior de atendimento.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *