Polícia apreende menor com drogas e arma no bairro Califórnia
18 de junho de 2018
Banda Sinfônica de BM realiza concerto com estreia de obra inédita no Brasil
19 de junho de 2018

Fiscalização de Posturas reinterdita boate em Barra Mansa

Casa noturna descumpriu ordem anterior, pois já havia sido interditada no ano passado por falta de alvará e algazarra

A Secretaria de Ordem Pública de Barra Mansa, através da Gerência de Fiscalização de Posturas, interditou novamente nesta segunda-feira, dia 18, uma boate na Rua Abdo Felipe, no Ano Bom. O estabelecimento havia sido interditado em maio do ano passado por falta de alvará de funcionamento e por contrariar a ordem e sossego público. Mesmo sem o alvará e autorização da prefeitura, a boate descumpriu a interdição anterior e voltou a funcionar nesse final de semana.

A casa de festas tem sido alvo frequente de denúncias de moradores contra a ordem e perturbação do sossego público. Ela foi autuada de acordo com a lei municipal nº 1415/77 que institui o Código Administrativo Municipal de Posturas que no artigo 168 diz que nenhum estabelecimento comercial ou industrial poderá funcionar no município sem prévia licença da prefeitura, concedida a requerimento dos interessados e mediante pagamento dos tributos devidos.

Por conta do barulho e do som alto, além de algazarras, a boate também foi autuada de acordo com o artigo 63 parágrafo 1 que sujeita os proprietários à multa se verificado que nos estabelecimentos há desordens, algazarra ou barulho. Ao todo, a casa noturna foi multada em R$ 2.624,00.

De acordo com o gerente de Fiscalização de Posturas, Aliandre Martins, a boate mudou o nome fantasia para o funcionamento, porém, a interdição é válida para qualquer atividade do segmento no local. “Mesmo mudando o nome da boate, o local não tem alvará para funcionamento e por isso ela teve que ser reinterditada. Para se ter o alvará, são necessárias diversas exigências documentais como certificado do Corpo de Bombeiros e do Meio Ambiente, isolamento acústico, laudo da Vigilância Sanitária e Habite-se do imóvel”, explicou.

Compartilhe

3 Comentários

  1. NADIA TORRES disse:

    Uma pena que a Secretaria de Postura não usa a mesma medida para expedir alvarás de funcionamento. Se fosse uma secretaria respeitável fiscalizaria todas as denúncias que recebe. E o Clube Municipal tb fecharia se não colocasse isolamento acústico.

  2. NADIA TORRES disse:

    A mesma republicação foi apagada do sote da Voz da Cidade.

  3. Contribuinte disse:

    Esta Secretaria deixa a desejar quanto a sua prestação de serviços, não o faz em tempo hábil e depois cobra do contribuinte por dizer que está irregular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *