Corpo de homem é encontrado no Rio Paraíba, em Três Rios
13 de setembro de 2018
Campanha Antirrábica nas áreas rurais de BM vacina mais de 3,8 mil animais
13 de setembro de 2018

SMIDH recebe nova exposição “À Flor da Pele”

A mostra vai ficar aberta ao público até final de novembro no Corredor Cultural da secretaria

A Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos de Volta Redonda está recebendo no espaço Corredor Cultural, a exposição ‘À Flor da Pele’ da artista plástica Ana Paula Carrupt. A mostra traz em sua essência corpos e imagens, onde cada espectador pode moldar sua experiência ao observá-las.

Natural de Volta Redonda, Ana Paula utiliza em seus trabalhos a técnica de pintura com esmalte sintético sobre placa de vidro, além de confeccionar as próprias molduras em fibra de vidro e resina poliéster.

De acordo com a artista Ana Paula Carrupt, sua obra contempla imagens decifradas “Meus trabalhos são imagens decodificadas nas mentes de cada olhar que as observa. A exposição faz um convite a refletir como vemos os corpos e sobre padrões estéticos”, falou.

Para a visitante Sandra Andrade as imagens vão além da apropriação sexual.

“Eu achei super interessante a exposição. Ela não tem um apelo pelo erótico, mas pela beleza do corpo humano de uma forma geral. A ideia de realizar neste espaço intervenções culturais é muito importante também para a secretaria”, contou.

O prefeito Samuca Silva, parabenizou o uso do espaço para o empoderameno feminino através da cultura e da arte. “É muito importante transformar  os espaços públicos em culturais. Além de proporcionar a mulher um local de reflexão, onde seus questionamentos sejam percebidos”, contou.

A secretária de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, Dayse Penna, afirmou que a exposição quebra estigmas.

“As obras falam sobre o empoderamento feminino quebrando alguns tabus e mostrando de forma autonomia a liberdade feminina, através de um olhar também feminino”, disse.

A exposição ‘À Flor da Pele’ fica no Corredor Cultural até o final de novembro. E o espaço fica aberto ao público de 8h às 17h na Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, no bairro Nossa Senhora das Graças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *