Sine Resende faz atendimento itinerante em cinco pontos da cidade
6 de dezembro de 2018
PM prende jovem com drogas no bairro Jardim Belmonte
6 de dezembro de 2018

VR sedia I Encontro-Feira de Agroecologia

PREFEITURA DE VOLTA REDONDA - PALÁCIO 17 DE JULHO

Evento, neste sábado, dia 08, no térreo da Biblioteca Municipal, na Vila, vai reunir cerca de 60 produtores do Médio Paraíba

O I Encontro-Feira de Agroecologia do Médio Paraíba do Sul será realizado neste sábado, dia 08, no térreo da Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília. O evento vai reunir 60 produtores de orgânicos e agroecológicos, que vão comercializar os alimentos e apresentar à população a filosofia desse tipo de cultivo. As atividades serão realizadas entre 8h e 18h e incluem apresentações de dança e música.

De acordo com a chefe de Gabinete da secretaria municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag), Bárbara Cunha, que apóia a iniciativa, a agroecologia é mais do que um plantio que se preocupa com a preservação da natureza.

“A agroecologia define um estilo de vida, que valoriza manifestações culturais tradicionais, como o maracatu, danças com origem africana, além de valorizar a harmonia coletiva”, explicou, lembrando que a abertura será marcada por uma atividade em grupo pelo sucesso e tranquilidade do evento.

Outro tema a ser abordado no encontro trata dos “Saberes e Sabores da Agroecologia”. Quem explica é a agricultora orgânica Evelyn Miranda, que faz mestrado na área e é membro da Articulação de Agroecologia do Médio Paraíba do Sul (AAMPS), que idealizou o evento.

“Sabores e saberes da agroecologia são todas as riquezas das raízes ancestrais que carregamos, valorizando e resgatando os conhecimentos tradicionais dos povos originários da nossa região. Desde a forma de produzir alimentos naturais, sem agrotóxicos e com respeito a todas as formas de vida, até as expressões culturais de música, dança, artesanato e outras manifestações”, afirmou.

Para o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, a presença de agricultores de Volta Redonda e municípios vizinhos – Barra Mansa, Barra do Piraí, Ipiabas, Mendes, Visconde de Mauá, Areal, Pinheiral, Vassouras, Três Rios, Visconde de Mauá, Levy Gasparian, Paty do Alferes, Paulo de Frontin, além de Santa Rita de Jacutinga (MG) e Jaboticabal (SP) – prova que o cultivo orgânico tem cada vez mais adeptos e precisa ser incentivado.

“Pensando nisso, o município de Volta Redonda quer cadastrar os produtores locais com objetivo de implantar um Mercado de Orgânicos, que será o primeiro público do estado. A estrutura ficará no bairro Aterrado e a forma de funcionamento será definida junto com os produtores. A ideia é abrir para agricultores de toda região”, explicou Samuca.

O I Encontro-Feira de Agroecologia do Médio Paraíba do Sul tem apoio da Prefeitura de Volta Redonda, através da secretaria municipal de Cultura, Seplag e secretaria de Meio Ambiente, que vai distribuir mudas no local. Ainda haverá estande para o Fórum de Economia Solidária e espaço para a discussão para elaboração de políticas públicas para agricultura urbana e periurbana no município.

Programação:

8h – Atividade de humanização com o Coletivo de Dança Flor de Maio

9h30 – Oficina de Agricultura Urbana

10h20 – Oficina de Suco Vivo

15h – Samba da democracia

17h – Maracatu com o grupo Pedra Sonora

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *