VR recebe 2ª fase dos Jogos Estudantis Estaduais do Rio de Janeiro 2019
4 de julho de 2019
CCZ realiza segunda etapa da campanha de vacinação antirrábica em Resende
4 de julho de 2019

“Arraiá da Alegria” movimenta Centro do Idoso de Barra Mansa

Evento celebrou a interação e fortalecimento de vínculos entre os idosos

Tradicional festividade junina do município, o “Arraiá da Alegria” reuniu cerca de 200 pessoas na tarde desta quinta-feira (4) para festejar e promover a integração da terceira idade do Centro de Atendimento ao Idoso de Barra Mansa.

Durante o evento, os idosos, amigos e familiares se divertiram com a apresentação de quadrilhas, pista de dança, pescaria e barraquinhas com comidas típicas. O local foi todo preparado para criar um clima julino, com decoração e músicas características. Os participantes capricharam e foram vestidos a caráter.

Entre as atividades, a barraca da pescaria e os brindes ficaram a cargo do curso de Farmácia do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), instituição parceira que oferece atendimento através do serviço de estágio de Farmácia e de Nutrição.

Segundo o coordenador do Centro de Atendimento do Idoso, Eduardo Pimentel, a festa tem como objetivo devolver a qualidade de vida social aos idosos. “É fundamental mostrar a importância que eles têm e a diferença que eles fazem na vida da gente”, completou.

Ainda segundo Eduardo, Barra Mansa conta com uma população de 30 mil idosos, sendo cerca de 5 a 7 mil atendidos pelo Centro do Idoso. São oferecidos serviços médicos, de fisioterapia, de fonoaudiologia, de psicologia, de nutrição e massoterapia. As atividades envolvem bingo, fuxico, pintura, aula de costura, salão de beleza, entre outros, além de eventos, palestras e programas durante o ano.

O subcoordenador do Centro do Idoso, Jessé Mendes, explicou que por trás de cada atividade da festa existe uma preparação completa. A quadrilha, por exemplo, contou com atendimento psicológico e físico, com foco no desenvolvimento motoro.

A meta dos atendimentos é trabalhar a necessidade dos idosos de forma divertida e leve. As atividades misturam terapia e convívio social, sempre com o foco no fortalecimento de vínculos.“Acaba funcionando como uma segunda casa. Além dos atendimentos, o Centro tem uma função social muito importante”, explicou Jessé Mendes.

– Frequento desde o começo. É muito bonito ver a terceira idade tendo essa novidade, de se encontrar com pessoas que se tornaram amigas, trocando sorrisos e conversas. Isso é vida! – comemorou Dulce Pires Barreto Rodgc, aposentada de 83 anos e moradora do bairro Estamparia.

O Centro de Atendimento ao Idoso fica na Rua Abdo Felipe, nº 22, no Ano Bom, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Informações pelo telefone 3328-6516.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *