Polícia Militar prende jovem com arma e drogas em Itatiaia
6 de maio de 2020
Estão abertas inscrições para Colégio Militar de Volta Redonda
6 de maio de 2020

Mercado de Sex Shop prevê crescimento em meio a crise

Com o aumento e o avanço do Coronavírus no mundo, a Organização Mundial da Saúde declarou estado de pandemia e recomenda aos governos instalar o isolamento social. Dessa maneira, lojas, restaurante, cinemas, shoppings e outros empreendimentos fecham as portas por algumas semanas. Em diversas cidades do mundo, apenas o que é essencial como supermercados e farmácias, permanecem abertos.

A partir desse momento, a ideia é “achatar a curva” e fazer com que menos pessoas sejam contaminadas. Parte da população está trabalhando de casa, no chamado Home office, e assim, como consequência, casais possuem mais tempo juntos, com ou sem os filhos. Mas o que isso tem a ver com o crescimento do mercado de Sex Shop? Confira no texto abaixo algumas informações sobre o crescimento do mercado erótico no país.

Lado a Lado 

Em pleno século XXI, a reclamação de muitos casais é a falta de tempo. Com rotinas atarefadas, horas de trânsito, estresse no escritório e ainda cuidar dos filhos, a vida sexual pode ficar em segundo plano. Mas, habitando a mesma casa, durante 24 horas por dia, por longas semanas, sem previsão de voltar à rotina, os casais terão mais tempo para aproveitar um ao outro.

Dessa forma, podemos considerar que uma das consequências do isolamento social é a união de casais e famílias. Por isso, já pensou que um dos mercados que mais vai aquecer e crescer na crise não é apenas o de produtos essenciais, como remédio e alimentação? O mercado de produtos como lingeries, pijamas, maquiagens e claro, produtos de sex shop, como o mercado de Sex Shop, tende crescer consideravelmente.

Com as lojas fechadas, a venda online de produtos eróticos vai ter um grande crescimento. Ou seja, uma ótima hora para os revendedores de produtos eróticos ou para quem deseja trabalhar nesse mercado. Uma ótima oportunidade para quem procura uma renda extra. É o que afirma Ricardo Moraes, sócio da Shoplibido, o maior Sex Shop Atacado da internet. Segundo ele, o mercado de sex shop online já apresenta crescimento de 16% desde o início dos decretos de isolamento social. A empresa que tem sede em São Paulo-SP, garante uma imensa variedade de produtos com preço especial para revenda e entrega rápida para todo o Brasil, para que você receba seu pedido no menor prazo possível, pagando via boleto ou cartão de crédito.

Solteiros e casados

Mas o nosso texto de hoje não fala apenas de casais. Claro, que casais casados tendem a ter mais tempo para relações sexuais, dividem a mesma cama e possuem grande intimidade para testar novos produtos e acessórios, além de serem os que mais buscam inovação na cama, para não cair na rotina. Mas, vamos falar de uma grande parcela da população que também está em isolamento social, e sem uma companhia, e por isso, será ainda mais propícia a compra de produtos eróticos: os solteiros.

Sejam homens ou mulheres, após semanas e até mesmo meses de quarentena ou isolamento social, a vontade de ter um contato mais pessoal e íntimo com o corpo do outro surge. A busca pelo prazer ocorre, seja nele próprio ou para relaxar e controlar crises de ansiedade, tédio ou dormir melhor.

Segundo médicos e estudiosos, durante o ato sexual são liberados hormônios como endorfina e serotonina, que ajudam a aliviar a tensão e a reduzir os níveis de estresse. Além disso, são hormônios diretamente relacionados à sensação de prazer e felicidade, o que ajuda diretamente a amenizar a tensão causada nos dias de isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *